A mineração é certamente uma das atividades econômicas que mais geram efeitos sociais e econômicos para a sociedade em que está contida. Estre os efeitos positivos pode-se citar o volume de investimentos mobilizado pelo setor, número de postos de trabalho gerados, entre outros. Impactos positivos da mineração:

• Criação de empregos diretos e indiretos;
• Dinamização do setor comercial e aquecimento da economia local;
• Geração de investimento em toda a cadeia produtiva, uma vez que é a base;
• Contribuição Significativa para o PIB Nacional;
• Geração de saldo positivo na Balança Comercial, uma vez que historicamente exporta mais que importa;
• Desenvolvimento regional com a implantação da rede de transportes;
• Aumento da receita dos governos estatuais e, principalmente, municipais, em virtude de tributação (especialmente CFEM).

No DF as áreas de latossolo ocupam 55% do território e são ricas em material argiloso e cascalho para pavimentação. Os cambissolos, por sua vez, ocupam 31% do território da área federativa e fornecem cascalho para pavimentação. Outras classificações, como as areias quartzosas (neossolos quartzarênicos) são áreas fornecedoras de areia para construção civil. O DF, dessa forma, possui potencial para exploração de atividade mineral.

Areia, Água Mineral, Cascalho laterítico e Calcário são substâncias minerais com grande demanda no DF. A área total de processos minerários situados em terrenos de propriedade da TERRACAP é de 60.746,46 hectares. Deste total, 1,3% são requerimentos de água (828,12 ha), 16% são requerimentos de areia (9.888,8 ha), 12% de calcário (7.571,44 ha) e 0,26% de laterita – ou canga laterítica (160,37 ha). 

• Os depósitos de Água Mineral são de grande importância econômica, tendo em vista a contínua expansão das grandes cidades brasileiras. Os processos de água mineral ativos
concentram-se nas regiões central, sul e sudoeste do DF. O mercado de água mineral envasada tem se mostrado altamente atrativo e rentável, sendo considerado um investimento tanto a curto como a longo prazo. A água mineral engarrafada alcança altas margens de lucro. Isto se deve ao fato da matéria prima ser muito barata em detrimento do produto final.

• O Cascalho Laterítico apresenta crescente demanda, a atividade requer baixos níveis de investimento e é realizada em pequenas extensões. As características físicas do mineral o tornam ideal para a utilização em pavimentações, fundações de obras civis, além da preparação dos compostos utilizáveis na fabricação de cimento. 

• Os depósitos de Calcário podem ocorrer em grandes extensões e apresentar espessura de centenas de metros, deste modo, as minas de calcário podem ser operações de grande porte, e de longa vida útil. Devido a sua distribuição espacial e à ampla demanda pelo produto, dadas as suas diversas aplicações, os calcários constituem uma das substâncias minerais mais importantes para a indústria. O aproveitamento do calcário extraído no DF se dá com a aplicação do material na indústria, na construção civil (brita) e na correção de solos agrícolas.

• Dentre os minerais mais importantes, enquanto agregados para construção civil, encontra-se a Areia. As areias podem apresentar variadas especificações e usos tais como: na indústria da construção civil como agregado para concreto, argamassa e asfalto; moldes de fundição; matéria prima na indústria de transformação (vidros, siderúrgica, abrasivos, cerâmica, química, refratários, cimento e outros); no tratamento de águas e esgoto como minério portador de minerais pesados de interesse econômico como manazita, ilmenita, ouro, diamante, cassiterita e outros. No Distrito Federal a principal aplicação é na construção civil: concreto, asfalto e reboco, ou seja, acabamento de obras de
alvenaria.

A Terracap enxerga nas exploração mineral uma oportunidade de firmar parcerias com os empreendedores da iniciativa privada, de forma a minimizar a degradação ambiental dessas áreas, através de compensações e investimentos necessários com vistas à preservação do meio ambiente e do patrimônio do Distrito Federal.