Javascript de carregamento do Framework Jquery

 

O projeto do Aeródromo Planalto Central (SIQE) compõe a carteira de metas estratégicas da Terracap e tem o objetivo principal de garantir o posicionamento do Distrito Federal na oferta de infraestrutura voltada ao mercado da aviação geral, complementar à aviação comercial, a exemplo dos aeroportos semelhantes no mundo e também no Brasil, como resultado de iniciativas que ganharam expressão nos últimos anos.

 

O aeródromo está localizado na Área Isolada nº 03, Cava de Cima – Fazenda Papuda II, Região Administrativa de São Sebastião, adjacente às margens da BR-251, a cerca de 30 minutos do centro de Brasília. Atualmente opera como equipamento privado, utilizado para voos não comerciais, possuindo uma pista de pouso de aproximadamente 1.560 m, com 115 hangares de 324 a 960 m² e possibilidade de expansão para mais 80, em área total de 2.7 milhões de m².

 

Visando à necessidade de melhoria da estrutura instalada, de forma a atender adequadamente a demanda da aviação executiva regional e nacional, identificou-se como solução de efetivação do projeto a parceria com a iniciativa privada, a qual permite a transferência, a um parceiro privado, da obrigação de desenvolvimento e implantação da infraestrutura aeroportuária adequada às normas que regulamentam o setor.

 

Para tanto, a Terracap realizou o Procedimento de Manifestação de Interesse – PMI nº 02/2017, com a promoção de estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e jurídico-institucional, bem como de projeto de negócio para a estruturação da referida parceria, objetivando a implantação, modernização, gestão, operação e manutenção do Aeródromo Planalto Central.

 

Já concluído o PMI, a Diretoria de Novos Negócios da Terracap vem envidando esforços para possibilitar a oportunidade única de investimento em aviação executiva, logística e afins, por meio da publicação de Edital de Licitação de Concessão, que, em breve, será lançado, cujo objeto é a outorga do direito de superfície para exploração e operação do Aeródromo Planalto Central, pelo prazo de 30 anos.

 

Invista no Aeroporto Executivo de Brasília. O próximo destino do seu negócio está aqui.

- Concessão com liberdade de operação

- A 30 minutos do centro de Brasília

- Categoria 2B

- Vários hangares construídos

- Possibilidade de expansão dos hangares e da pista

- Previsão de centro de conveniências e hotelaria

- Possibilidade de operação 24 horas e de instalação de controle de tráfego aéreo próprio.

 

Para informações sobre o Procedimento de Manifestação de interesse clique aqui.  

 

Anexos

Título Tipo Tamanho Data de Criação Downloads
PORTARIA Nº 017/2020 – DINEG Créditos: Atualizado em 14/04/2020 PDF 555,59 kB 14/04/2020 15:38 681

Chat On-line