Javascript de carregamento do Framework Jquery

 

O Setor Noroeste tem recebido atenção especial e os moradores têm colhido os frutos das melhorias feitas por lá. Ainda no primeiro ano de governo, o chefe do Executivo local, Ibaneis Rocha, determinou prioridade na execução de obras de estruturação do bairro. Muito em breve, a população poderá trafegar pela via W9 que será concluída e, ainda, contará com uma ciclovia ao lado do Parque Burle Marx, que dará tranquilidade aos ciclistas. Agora, a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) anuncia uma licitação pública para a implantação de rede de distribuição subterrânea de energia elétrica em três quadras do bairro.

A W9 é a principal avenida no projeto urbanístico do Setor Habitacional Noroeste. Trata-se de uma via de duas pistas, mão e contramão. A via permitirá o tráfego de veículos entre o Setor de Transporte Norte (STN) e a DF 040, próximo ao Setor de Recreação Pública Norte (SRPN).

A construção da via pública esteve interrompida desde 2004 em função da ocupação da área pela comunidade indígena Fulni-ô Tapuya. Um acordo judicial celebrado recentemente entre a Terracap, o Ibram, a Funai, o Ministério Público Federal e demais órgãos do GDF, delimitou a área destinada à permanência dos índios e demais obrigações a serem cumpridas por parte da Agência, permitindo, assim, a conclusão da obra e a continuidade da implantação da infraestrutura básica no bairro.

Já a ciclovia trará mais qualidade de vida ao morador. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) é responsável pela obra numa área de 5 mil m², ao lado do Parque Ecológico Burle Marx. A conclusão permitirá à população maior segurança aos ciclistas na prática de atividades físicas, assim como àqueles que a utilizam para o ir e vir.

Também nos próximos dias, outras seis quadras do obras para a implantação de infraestrutura de energia elétrica. O investimento da Terracap, na ordem de R$ 231 mil, ajudará a fomentar o setor da construção civil do DF, uma vez que também é um dos passos para que as construtoras avancem na conclusão das habitações coletivas e retirem a Carta de Habite-se.  Neste caso, receberão a rede elétrica tradicional as quadras: SQNW 103, projeção F; SQNW 106, projeção J; SQNW 107, projeção G; SQNW 307, projeção E; CLNW 10/11, Lote I; e SQNW 311, projeção G.

Além disso, por ano, a Terracap tem feito cerca de 100 mil m² quadrados de paisagismo no bairro, assim como realizando o nivelamento do solo, que compreende 2,5 mil caçambas de terra a cada 12 meses.

Licitação

Outras obras de infraestrutura estão sendo realizadas no Setor Habitacional Noroeste. Nesta semana, a Terracap abriu licitação para a contratação de obras de engenharia para a implantação de rede de distribuição subterrânea de energia elétrica nas quadras SQNW 104, SQNW 304 e SQNW 303. Falando de forma simples, – além das vantagens técnicas – cabos, postes e transformadores “serão enterrados” e a aparência do bairro ficará muito melhor.

A licitação está marcada na modalidade presencial tipo menor preço. O credenciamento do representante e a entrega dos envelopes deverão ser realizados com antecedência mínima de uma hora da abertura da licitação. As empresas poderão apresentar propostas aos três lotes ou para aqueles que tenham interesse.

Todas as informações acerca do processo licitatório e de como participar da concorrência podem ser obtidas no edital e nos anexos disponíveis para download no site da Terracap (www.terracap.df.gov.br – licitações compras/serviços).

Suzana Leite
Assessoria de Comunicação Social
Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap)
ascom@terracap.df.org.br