Javascript de carregamento do Framework Jquery

As famílias pertencentes às comunidades indígenas Kariri-Xocó e Tuxá, residentes no Setor Habitacional Noroeste, receberam, nesta quarta-feira (8/6), as chaves das casas provisórias construídas pela Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) na ARIE CRULS, também nas imediações do bairro. O acordo para a desocupação da área originalmente ocupada pelas tribos permitirá a conclusão das obras da via W9, futura Avenida dos Ipês, e demonstra a possibilidade de convivência pacífica e sustentável entre o desenvolvimento econômico e a preservação dos direitos dos povos indígenas.

Para que a transferência fosse possível, foram entregues oito casas provisórias que abrigarão as famílias das tribos Kariri-Xocó e Tuxá. O acordo entre as comunidades, a Terracap, a Defensoria Pública do Distrito Federal, a Defensoria Pública da União, o Ministério Público Federal e a Funai foi assinado em outubro de 2019, na sede da Terracap.

“Hoje estamos fazendo a primeira entrega concreta do cumprimento desse acordo pela Terracap, com as casas provisórias que serão ocupadas pelas comunidades indígenas”, explica o diretor de Regularização Social e Desenvolvimento Econômico, Leonardo Mundim. Para ele, a entrega atende às ocupantes históricas da região e também beneficia os moradores do Noroeste. “A medida permitirá que a Terracap conclua a via W9, que vai ser a principal avenida do bairro, trazendo, além de melhorias no trânsito, o desenvolvimento econômico para a região”, enfatiza.

A cacique Ivanice Tanoné, representante das duas tribos, comemora: “Nossos diretos estão sendo respeitados e, agora, teremos segurança. Graças ao grande espírito, criador de tudo, hoje chegou o grande momento de realização, após essa luta tão difícil e tão grande. Quero agradecer à Terracap e ao governador que chegou ao entendimento (sic) do nosso compromisso”, conta. “Estou feliz e hoje estou me mudando”, finaliza.

A via W9 permitirá o tráfego de veículos entre o Setor de Transporte Norte (STN) e a DF 040, próximo ao Setor de Recreação Pública Norte (SRPN). As etnias indígenas ocupavam um trecho da área onde passará avenida.

O secretário do DF Legal, Cristiano Mangueira, explica que a pasta foi acionada para a realocação das famílias indígenas, a fim de permitir a conclusão das obras. “Todas as medidas necessárias para a mudanças foram tomadas de forma pacífica, em consenso com a cacique Tanoné e com a devida participação do Ministério Público em toda a operação”, conta Mangueira.

Reserva Indígena Kariri-Xocó e Tuxá do Bananal-DF

O local demarcado para a construção da reserva indígena é conhecido como ARIE Cruls. Na área de 14 hectares será construída, em definitivo, a Reserva Indígena Kariri-Xocó e Tuxá do Bananal-DF. A Terracap deverá implementar, no prazo de um ano, a infraestrutura da área, que inclui o sistema de abastecimento de água, esgoto e energia. Ainda serão construídas 16 unidades habitacionais, uma estrutura de guarita, um centro cultural, sete ocas pequenas, um terreiro, além de uma casa de produção de farinha para apoiar a sustentabilidade da aldeia. Todo o perímetro da reserva foi cercado pela Agência.

Suzana Leite
Assessoria de Comunicação Social
Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap)
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.